Atropelado e morto na frente de delegacia, homem atirou em desafeto dias antes – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Atropelado e morto quando estava na frente da Delegacia de Polícia Civil de Miranda, a 208 quilômetros de Campo Grande, homem ainda não identificado já havia atirado dias antes contra o autor do atropelamento. O nome dos envolvidos não foi revelado pela polícia.

De acordo com as informações do site O Pantaneiro, o crime seria um acerto de contas. Nesta terça-feira (21), ao encontrar o desafeto na frente da delegacia, na Rua General Câmara, o condutor da caminhonete Toyota Hilux decidiu se vingar dos tiros e jogou a contra a vítima.

A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu e morreu no hospital. Após atropelar o homem, o autor ainda tentou fugir, no entanto, a caminhonete sofreu falhas mecânicas e ele acabou preso.

O condutor autor do crime ocupa uma das celas da delegacia de Miranda, à disposição da Justiça. Ao Campo Grande News, o delegado Pedro Henrique Pillar Cunha disse que já trabalha no caso.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.