Briga em posto de saúde termina com médico agredido com soco em Campo Grande

Um médico de 58 anos, clínico geral, foi agredido a socos na noite dessa quarta-feira (19), na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) das Moreninhas, em Campo Grande. O agressor seria o gerente da unidade de saúde.

Na delegacia, o médico contou que estava na unidade quando, por volta das 22 horas, foi até o gerente da unidade para conversar sobre a forma como estava sendo feita a triagem dos pacientes na unidade e nesse momento o autor avançou contra e desferiu socos no seu rosto.

Os óculos do médico chegou a ser arremessado após a agressão. A vítima ficou com vários hematomas no rosto e teve tonturas por causa da agressão. O gerente chegou a dizer para o médico que se ele fosse embora para sua casa teria seu ponto cortado. O caso foi registrado como lesão corporal dolosa.

Em nota a Sesau disse que será aberto um procedimento. “Será aberto um processo administrativo para apurar a conduta dos servidores e as circunstâncias que acabaram gerando este desentendimento. Ambos devem prestar esclarecimentos sobre o ocorrido e a Sesau irá prosseguir com os trâmites necessários e instauração de sindicância”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.