Índia é o 3º país do mundo a superar 500 mil mortes por Covid

Índia se tornou nesta sexta-feira (4) o terceiro país do mundo a superar oficialmente a marca de 500 mil mortes causadas pelo novo coronavírus, depois dos Estados Unidos e do Brasil.

Apesar do patamar elevado, muitos analistas acreditam que o verdadeiro número de óbitos por Covid-19 no segundo maior país do mundo seja muito maior (veja mais abaixo).

Foram registradas 1.072 mortes nas últimas 24 horas, o que eleva o total de vítimas para 500.055 vítimas, segundo o balanço oficial do governo indiano.

O país com mais mortes na pandemia é os EUA (896 mil) e o segundo, o Brasil (630 mil).

Índia é também o segundo país com mais casos confirmados do mundo (41,9 milhões), atrás apenas dos EUA (75,9 milhões) e à frente do Brasil (26,1 milhões).

VEJA TAMBÉM:

Onda de ômicron

 

Profissionais de saúde entram com paciente em maca em um hospital para Covid-19 em Ahmedabad, na Índia, em 12 de janeiro de 2022 — Foto: Ajit Solanki/AP

Profissionais de saúde entram com paciente em maca em um hospital para Covid-19 em Ahmedabad, na Índia, em 12 de janeiro de 2022 — Foto: Ajit Solanki/AP

O número de casos e mortes voltaram a crescer recentemente devido à variante ômicron, que é muito mais transmissível, e o país já registrou mais de 7 milhões de infectados e 18 mil óbitos apenas em 2022.

Mas o ritmo de novos contágios diminuiu nos últimos dias, com a média de novos casos caindo de 321 mil em 20 de janeiro para 190 mil atualmente, uma queda de 41% em duas semanas.

 

Diante da queda no número de casos, o Ministério da Saúde afirmou na semana passada que há indícios de que os novos contágios entraram em um “platô” em várias regiões do país.

Mas a média de novas mortes continua subindo e está em 1,1 mil por dia no momento, uma alta de 365% desde 11 de janeiro, quando estava em 237.

Ômicron x delta

 

Especialistas acreditam que a onda da variante ômicron na Índia não provocará tantas mortes ou hospitalizações como aconteceu com a delta, que devastou o país entre abril e maio de 2021.

Ao menos 200 mil indianos morreram na época, quando o sistema de saúde do país entrou em colapso e hospitais ficaram sem leitos e sem cilindros de oxigênio para atender a todos os infectados.

Um estudo elaborado no ano passado por um grupo de pesquisadores americanos calculou que, na verdade, entre 3,4 e 4,7 milhões de pessoas já haviam morrido na Índia devido à Covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.