Com investimento do Estado, leitos para pacientes com câncer vão triplicar – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Governador Reinaldo Azambuja (PSDB). (Foto: Marcos Maluf)
O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) assinou o convênio que garante o repasse de R$ 16 milhões para o HCAA (Hospital de Câncer Alfredo Abrão). O recurso irá garantir a conclusão da nova unidade de saúde que fica na Rua Marechal Rondon, 1.053, no Centro da Capital.

“Essa novela agora vai ter o capítulo derradeiro. O final será em junho. Serão sete andares para concluir que começaram em 2009. Isso aqui era um elefante branco e estava no seu esqueleto quando assumi. Desde 2015 começamos a repassar verba, mas atrasou por conta da pandemia”, afirmou.

Reinaldo ainda destacou a relevância da ampliação dos leitos. “Serão sete andares. Vamos passar de 58 para 202 leitos. Quando a pessoa recebe diagnóstico de câncer é um baque muito grande. Por isso investir também no diagnóstico precoce e no atendimento necessário é muito importante.”

Presidente da Assembleia Legislativa, Paulo Corrêa e secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende. (Foto: Marcos Maluf)
Outro fator relevante, segundo o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, é a referência estadual para o tratamento. “Vamos mais que triplicar os leitos para que possa atender a demanda do interior. Já investimos R$ 20 milhões aqui. Esses agora R$ 16 milhões serão repassados em cinco parcelas. Queremos que seja referência no Estado. Hoje muitos pacientes tem que ir para Jahu (SP) ou Barretos (SP) para fazer o tratamento.”

Conforme o secretário, até 30 de março precisa ser concluído três andares. “Eles precisam ser edificados e todo o centro cirúrgico preparado. Aí vão faltar três que serão concluídos até 30 de junho. Nunca vi um governo tão forte celebrando recursos para a saúde”, completou Resende.

O secretario de Estado de Infraestrutura, Eduardo Riedel, afirmou que o investimento na saúde é uma prioridade do governo. “Estamos vivendo um promissor ciclo de crescimento em MS, mas não tem como falar em desenvolvimento sem cuidar e preservar a vida e a saúde das pessoas, principalmente nesse cenário de incertezas por conta da pandemia.”

Corredores do hospital que vão ser concluídos. (Foto: Marcos Maluf)
O presidente da entidade, Amilcar Silva Júnior, ressaltou que a conclusão da ampliação do hospital é esperada há muitos anos. “Viemos tentando terminar ao longo dos anos e agora com apoio do governador vamos concluir. Somos muito gratos.”

Apesar do serviço ser realizado em etapas, a nova unidade só poderá funcionar em agosto. “Já temos tudo que precisamos para começar a obra. Os sete andares começarão a atender depois de todas as licenças e aval da Anvisa. A previsão é começar a atender em agosto. Mesmo que os três andares fiquem prontos em março não é possível ativar de imediato porque o prédio estará ainda em obras, seria ruim para os pacientes.”

Entrada da ampliação do Hospital de Câncer. (Foto: Marcos Maluf)
O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Paulo Corrêa (PSDB), relembrou o significado do local para a família dele. “Esse governo enche o Mato Grosso do Sul de obras, em especial cuidando das pessoas. O melhor investimento que o governo faz é nas pessoas. Minha mãe morreu com 46 anos de câncer e foi tratada aqui. Sei da importância desse hospital.” – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.