Quarta vítima de acidente com carreta também era boliviana e tinha 18 anos

Carreta tombou após colidir em ônibus e atingiu passageiros. (Foto: Cenário MS)
Foi identificada a última das quatro vítimas que morreram em grave acidente na noite deste domingo (06), na MS-040, em Ribas do Rio Pardo, a 98 quilômetros de Campo Grande. Primo Chipana Mamani era boliviano e tinha 18 anos. Ele morreu no hospital.

De acordo com as informações da polícia, todos os passageiros eram bolivianos e seguiam para trabalhar em São Paulo. Ainda há uma vítima, de 20 anos, internada em estado grave na Santa Casa de Campo Grande.

O acidente ocorreu na noite de ontem, depois que um ônibus apresentou problemas mecânicos e o motorista parou o veículo na pista.  Ele chamou um mecânico e sinalizou devidamente o local. Em seguida, os passageiros desceram e aguardavam às margens da pista, na área de mato, quando foram atingidos pela carreta que tombou em cima deles.

A carreta era conduzida por Marcio Roberto da Silva, de 47 anos, que trafegava a 120 quilômetros por hora, conforme testemunhas. Ele tentou desviar, mas viu outra carreta e voltou para a pista, atingindo a traseira do ônibus. Em seguida, o veículo tombou.

Marcio Roberto morreu no local. Também estão entre as vítimas fatais no local do acidente, Rebeca Vilma Flores Vargas, de 32 anos, e Mirian Ticonipa Mamani, de 43. Já Primo Mamani morreu no hospital. –

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.