Mãe denuncia espancamento de filho e uso de drogas em celas do Instituto Penal de Campo Grande

None
(Foto: Divulgação/Arquivo Midiamax)

Após ameaças e agressões ao filho, interno do Instituto Penal de Campo Grande, uma mãe registrou um boletim de ocorrência para denunciar o espancamento do rapaz por dívidas de drogas com outros internos do presídio.

A mãe, que não será identificada, entrou em contato com o Jornal Midiamax para fazer um apelo por temer a segurança do filho. Segundo ela, o filho é usuário de drogas e acabou acumulando uma dívida com possíveis lideranças do local. Entretanto, as ameaças chegaram até ela.

“Ele (líder) está me ameaçando, chegou a mandar um homem na minha casa para me cobrar, ficou me ligando e eu tive que até trocar de número. Eu vendi até móveis da minha casa para pagar essa dívida, mas a cada dia ele cobrava um valor diferente. Eu fui até o instituto e denunciei, mas nada foi feito”, disse.

Entretanto, a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) informou, em nota, que não foi verificado nenhum relato de violência entre os internos, ou mesmo atendimento médico neste sentido, dentro do IPCG.

Quanto às vistorias, ressaltou que as vistorias e operações de ‘pente fino’ ocorrem em todo o Estado de forma sistematizada, conforme o cronograma de ações propostas. “Contamos com apoio da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública, com suas forças policiais e Serviço de Inteligência, que desenvolvem procedimentos necessários que prezem pela segurança da população, além de inibir o acesso a materiais ilícitos dentro das unidades penais”.

Por fim, a Agepen complementou que a agência dispõe de ouvidoria que recebe reclamações, denúncias, solicitações e sugestões 24 horas por dia pelo sistema online e-Ouv.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.