Bruna Linzmeyer cria paralelos com personagem em Pantanal: ‘Filha da natureza’

Assim como a personagem Madeleine da novela Pantanal, sucesso da Rede Globo nos anos 90 que ganha um remake no dia 28 de março, a atriz Bruna Linzmeyer foi criada em meio à natureza. No Pantanal, onde gravou uma parte da nova edição, Bruna diz que reconheceu elementos da roça em que nasceu, no interior de Santa Catarina. “Apesar de diferentes, têm muitas coisas iguais, inclusive as questões sociais”, declara a atriz sobre o projeto e sua relação com o meio ambiente.

Mudança de look: Bruna Linzmeyer radicaliza no visual e compartilha cabelo verde com seguidores

Bruna e Madeleine têm em comum a vida interiorana, pontua ela, na mesma medida em que compartilham o desejo por novos espaços, de querer ir embora. Na primeira edição da novela, a personagem foi interpretada pelas atrizes Ingra Liberato e Itala Nandi – para contemplar diferentes momentos da trama. Na nova versão, Bruna “divide” Madeleine com Karine Teles.

“Ainda não conhecia o Pantanal. Ao chegar, olhei tudo com uma lente de Madeleine, não como Bruna, turista passeando”, relembra. “Para o trabalho, é muito interessante o deslocamento. Estar no lugar onde a história realmente acontece. É importante sentir as dinâmicas sociais e humanas que estão colocadas, o calor, a secura, os mosquitos, os bichos.”

Bruna Linzmeyer sobre rotina no Pantanal: Eu acordava todo dia também para ver o nascer do sol, porque era lindo demais, depois seguia para a gravação (Foto: Globo/ João Miguel Jr.)

Bruna Linzmeyer sobre rotina no Pantanal: Eu acordava todo dia também para ver o nascer do sol, porque era lindo demais, depois seguia para a gravação (Foto: Globo/ João Miguel Jr.)

Trabalho diário

O dia a dia na região lhe ajudou a construir a personagem e facilitou as gravações posteriores no estúdio, no Rio de Janeiro. “Fazia muito calor e eu estava sempre suada, o rosto rosa de calor e sempre à procura de algo para me abanar. Pude levar isso para o estúdio, um ambiente controlado com ar condicionado”, conta Bruna, que revela ter incorporado o uso de leque a Madeleine.

Cena de novela: Juliana Paes, Camila Morgado e elenco comemoram gravações de ‘Pantanal’

As gravações eram diárias. Disciplinadamente, Bruna acordava, meditava, praticava ioga e realizava alguns exercícios de construção de personagem. “Eu acordava todo dia também para ver o nascer do sol, porque era lindo demais, depois seguia para a gravação”, revela. “À noite, a gente jogava buraco, tomava um vinho, uma cerveja. Com a internet, deu para fazer análise.”

A atriz revela que não se separa da natureza, que são únicas (Foto: Globo/ João Miguel Jr.)
A atriz revela que não se separa da natureza, que são únicas (Foto: Globo/ João Miguel Jr.)

O período na região lhe fez refletir sobre a relação que sempre teve com a natureza – personificada pela atriz e de quem não se separa. “Eu tenho um pouco essa visão de entender que não é a natureza e eu. Somos a mesma coisa.”

Frequentemente, Bruna faz uma oração para o meio ambiente. “É assim: ‘Eu sou filha da natureza, perfeita e saudável; Sou filha da natureza, por isso me sinto protegida pela natureza; E minha mente está sempre pacífica e calma'”, revela.

Moda pela natureza: marcas com iniciativas sustentáveis para ficar de olho

A atriz mora no Rio de Janeiro e, por mais que esteja acostumada ao movimento de uma grande cidade, revela que “faltas” não lhe acometeram enquanto gravava no Pantanal. Inclusive, a atriz destaca que não é uma pessoa de sentir muitas saudades. “Não sei se porque saí cedo de casa, mas é algo que não me atazana. Mas senti da minha namorada”, explica em referência à DJ Marta Supernova.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.