Copa do Brasil: primeira fase começa com 80 times, oito deles campeões; veja confrontos

Conhecida como a competição mais democrática do futebol brasileiro, a Copa do Brasil inicia nesta semana sua edição 2022 com 92 clubes em disputa – de todas as regiões do país, das Séries A a D e até “sem divisão”. Nesta primeira fase, serão 80 times divididos em 40 confrontos de jogo único. Os visitantes têm a vantagem de se classificar com um empate.

O torneio abre oficialmente nesta terça, às 16h30, com Lagarto-SE x Figueirense, no estádio Barretão. À noite, se enfrentam URT-MG x Avaí, às 19h, no Zama Maciel, e Cascavel-PR x Ponte Preta, às 21h30, no Olímpico Regional.

 

Taça da Copa do Brasil 2022 — Foto: Staff Images/CBF

Taça da Copa do Brasil 2022 — Foto: Staff Images/CBF

No total, 17 partidas serão realizadas entre esta terça e quinta – outras 23 serão na semana que vem. Maior campeão da Copa do Brasil, com seis títulos, o Cruzeiro estreia quarta, às 21h30, visitando o Sergipe, no Batistão. Outros clubes que já levantaram a taça e disputam a primeira fase são: Criciúma, Grêmio, Internacional, Sport, Juventude, Santos e Vasco.

Dos 80 times em ação neste início, o estado de São Paulo tem a maior representatividade, com nove equipes. Na sequência, aparecem o Paraná, com seis, e Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, com cinco (veja lista completa de participantes no final).

As equipes que entram em ação neste primeiro momento se classificaram por estaduais, seletivas realizadas nas federações locais e também pelo ranking da CBF. Neste último critério, se beneficiaram Santos, Goiás, Vitória, Coritiba, Ponte Preta, Paraná, Guarani, Criciúma, Brasil de Pelotas e Oeste.

Já os 12 que entrarão na terceira fase são os campeões regionais do Norte (Remo) e Nordeste (Bahia), da Série B (Botafogo), e os classificados para a próxima Libertadores: Athletico (campeão da Sul-Americana), Atlético-MG (campeão do Brasileiro e da última Copa do Brasil), Palmeiras (campeão da Libertadores) e os melhores colocados na Série A a partir do segundo lugar – Flamengo, Fortaleza, Corinthians, Bragantino, Fluminense e América-MG.

Campeão da Libertadores 2021, Palmeiras é um dos clubes que entra direto na terceira fase — Foto: Juan Ignacio Roncoroni / EFE

Campeão da Libertadores 2021, Palmeiras é um dos clubes que entra direto na terceira fase — Foto: Juan Ignacio Roncoroni / EFE

Premiações

 

Por participação na primeira fase, cada clube recebe valor de acordo com o grupo a que ele pertence. São três blocos, levando em conta o desempenho recente e o Ranking Nacional de Clubes. Os valores são de R$ 620 mil, R$ 1,09 milhão e R$ 1,27 milhão.

A passagem para a segunda fase também garante premiação de acordo com o respectivo bloco. Os valores são maiores: de R$ 750 mil, R$ 1,19 milhão e 1,5 milhão. Ao chegar na terceira fase, o valor de premiação é igual para todos, de R$ 1,9 milhão.

A divisão com valores iguais segue nas oitavas, quartas, semifinais e final, com aumento gradativo. O montante total pode chegar a quase R$ 80 milhões para o campeão.

Premiação por fase na Copa do Brasil — Foto: Divulgação/CBF

Campeão da Copa do Brasil 2021, o Atlético-MG embolsou mais de R$ 70 milhões — Foto: Robson Mafra/AGIF

Jogos da primeira rodada (horário de Brasília)

 

22/2 – Terça-feira

 

  • Lagarto-SE x Figueirense, às 16h30, no Barretão
  • URT-MG x Avaí, às 19h, no Zama Maciel
  • Cascavel x Ponte Preta, às 21h30, no Olímpico Regional

 

23/2 – Quarta-feira

 

  • Tuntum-MA x Volta Redonda, às 15h30, no Rafael Seabra
  • ASA x Cuiabá, às 19h, no Coaracy Fonseca
  • Salgueiro x Santos, às 19h, no Cornélio de Barros
  • Azuriz-PR x Botafogo-SP, às 19h, no estádio Os Pioneiros
  • Glória-RS x Brasil de Pelotas, às 20h, no Altos da Glória
  • Tocantinópolis x Náutico, às 20h30, no João Ribeiro
  • Sergipe x Cruzeiro, às 21h30, no Batistão
  • Atlético de Alagoinhas-BA x CSA, às 21h30, no Antônio Carneiro
  • Humaitá x Brasiliense, às 22h, no Florestão

 

24/2 – Quinta-feira

 

  • Fluminense-PI x Oeste, às 15h30, no Albertão
  • Nova Iguaçu x Criciúma, às 15h30, no Jânio Moraes
  • São Raimundo-AM x Manaus, às 16h30, no Ismael Benigno
  • Bahia de Feira x Coritiba, às 19h, na Arena Cajueiro
  • Campinense x São Paulo, às 21h30, no Amigão

 

1/3 – Terça-feira

 

  • Icasa x Tombense, às 15h30, no Inaldão
  • Marica-RJ x Guarani, às 16h, no Elcyr Resende
  • Moto Club-MA x Chapecoense, às 19h, no Castelão
  • Pouso Alegre x Paraná, às 19h, no Manduzão
  • Sousa x Goiás, às 21h30, no Marizão
  • Mirassol x Grêmio, às 21h30, no José Maria de Campos Maia

 

2/3 – Quarta-feira

 

  • Tuna Luso-PA x Novorizontino, às 15h30, no Curuzu
  • Ceilândia x Londrina, às 15h30, no Abadião
  • Operário-MT x Sampaio Corrêa, às 16h30, no Dito Souza
  • Real Noroeste-ES x Operário-PR, às 19h, no José Olimpio da Rocha
  • Porto Velho x Juventude, às 19h, no Aluizio Fereira
  • Altos-PI x Sport, às 19h, no Lindolfo Monteiro
  • São Raimundo-RR x Ceará, às 19h, no Canarinho
  • Rio Branco x Vila Nova, às 20h, na Arena Acreana
  • Grêmio Anápolis-GO x Juazeirense-BA, às 20h30, no Jonas Duarte
  • Trem-AP x Paysandu, às 20h30, no Zerão
  • Costa Rica-MS x ABC, às 21h, no Laertão
  • Ferroviária-SP x Vasco, às 21h30, no Fonte Luminosa
  • Portuguesa-RJ x CRB, às 21h30, no Luso Brasileiro

 

3/3 – Quinta-feira

 

  • Nova Venecia-ES x Ferroviário-CE, às 15h30, no Zenor Rocha
  • União-MT x Atlético-GO, às 19h, no Luthero Lopes
  • Castanhal-PA x Vitória, às 20h30, no Baenão
  • Globo-RN x Internacional, às 21h30, no Manoel Barretto

 

Classificados diretamente à terceira fase

 

  1. Atlético-MG (na Libertadores 2022 – campeão brasileiro e da Copa do Brasil)
  2. Flamengo (na Libertadores 2022 – 2º na Série A)
  3. Fortaleza (na Libertadores 2022 – 4º na Série A)
  4. Corinthians (na Libertadores 2022 – 5º na Série A)
  5. Bragantino (na Libertadores 2022 – 6º na Série A)
  6. Fluminense (na Libertadores 2022 – 7º na Série A)
  7. América-MG (na Libertadores 2022 – 8º na Série A)
  8. Palmeiras (na Libertadores 2022 – 3º na Série A e campeão da Libertadores 2021)
  9. Athletico (na Libertadores 2022 – campeão da Sul-Americana)
  10. Botafogo (campeão da Série B)
  11. Bahia (campeão da Copa do Nordeste)
  12. Remo (campeão da Copa Verde)

 

Clubes na primeira fase (divisão por estado)

 

Acre (2): Rio Branco (campeão estadual) e Humaitá (vice estadual)

Alagoas (3): CSA (campeão estadual), CRB (vice estadual) e ASA (campeão da Copa Alagoas)

Amapá (1): Trem (campeão estadual)

Amazonas (2): Manaus (campeão estadual) e São Raimundo (vice estadual)

Bahia (4): Atlético de Alagoinhas (campeão estadual), Bahia de Feira (vice estadual), Juazeirense (3º no Estadual) e Vitória (vaga por ranking da CBF)

Ceará (3): Ceará (vice estadual), Ferroviário (campeão da 1ª fase do Estadual) e Icasa (campeão da Copa Fares Lopes)

Distrito Federal (2): Brasiliense (campeão estadual) e Ceilândia (vice estadual)

Espírito Santo (2): Real Noroeste (campeão estadual) e Nova Venécia (Campeão da Copa Espírito Santo)

Goiás (4): Grêmio Anápolis (campeão estadual), Vila Nova (vice estadual), Atlético-GO (3º no Estadual) e Goiás (vaga por ranking da CBF)

Maranhão (3): Sampaio Corrêa (campeão estadual), Moto Club (vice estadual) e Tuntum (campeão da Copa FMF)

Mato Grosso (3): Cuiabá (campeão estadual), CEOV (vice estadual) e União Rondonópolis (campeão da Copa FMF)

Mato Grosso do Sul (1): Costa Rica (campeão estadual)

Minas Gerais (4): Tombense (3º no Estadual), Cruzeiro (4º no Estadual), Pouso Alegre (campeão do Troféu Inconfidência) e URT (vice do Troféu Inconfidência)

Pará (3): Paysandu (campeão estadual), Tuna Luso (vice estadual) e Castanhal (4º do Estadual)

Paraíba (2): Campinense (campeão estadual) e Sousa (vice estadual)

Paraná (6): Londrina (campeão estadual), Cascavel (vice estadual), Operário (3º no Estadual), Azuriz (5º no Estadual), Coritba (vaga por ranking da CBF) e Paraná (vaga por ranking da CBF)

Pernambuco (3): Náutico (campeão estadual), Sport (vice estadual) e Salgueiro (3º no Estadual)

Piauí (2): Altos (campeão estadual) e Fluminense-PI (vice estadual)

Rio de Janeiro (5): Portuguesa-RJ (3º no Estadual), Volta Redonda (4º no Estadual), Vasco (campeão da Taça Rio), Nova Iguaçu (7º no Estadual) e Maricá* (vice da Copa Rio)

Rio Grande do Norte (2): Globo (campeão estadual) e ABC (vice estadual)

Rio Grande do Sul (5): Grêmio (campeão estadual), Internacional (vice estadual), Juventude (3º no Estadual), Glória (campeão da Copa FGF) e Brasil de Pelotas (vaga por ranking da CBF)

Rondônia (1): Porto Velho (campeão estadual)

Roraima (1): São Raimundo-RR (campeão estadual)

Santa Catarina (4): Avaí (campeão estadual), Chapecoense (vice estadual), Figueirense (campeão da Copa Santa Catarina) e Criciúma (vaga por ranking da CBF)

São Paulo (9): São Paulo (campeão estadual), Mirassol (4º no Estadual), Ferroviária (6º no Estadual), Novorizontino (campeão do Troféu do Interior), Botafogo-SP (vice da Copa Paulista), Santos (vaga por ranking da CBF), Ponte Preta (vaga por ranking da CBF), Guarani (vaga por ranking da CBF) e Oeste (vaga por ranking da CBF)

Sergipe (2): Sergipe (campeão estadual) e Lagarto (vice estadual)

Tocantins (1): Tocantinópolis (campeão estadual)

*Campeão da Copa Rio, o Pérolas Negras pôde escolher entre disputar a Série D ou a Copa do Brasil. Como optou pelo Brasileiro, a vaga na Copa ficou com o Maricá

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.