MODELO E NAMORADO ACUSAM RESTAURANTE CHIQUE DA ZONA SUL DO RIO DE HOMOFOBIA E REGISTRAM CASO NA POLÍCIA

O modelo Pedro Guttman denuncia que foi vítima de homofobia em um restaurante em Ipanema, na Zona Sul do Rio. Ele conta que celebrava o aniversário, na última quarta-feira, acompanhado da mãe e do namorado, Nicholas Oliveira, no estabelecimento Alessandro & Frederico. De acordo com Pedro, o episódio ocorreu após uma discordância a respeito do serviço oferecido no local. Ele destaca que, além de serem xingados, foi chamado de “gazelinha”.

Ainda conforme Pedro, sua mãe passou mal na confusão. E haviam vários clientes no estabelecimento. Ele, então, registrou um boletim de ocorrêcia na delegacia do Leblon, a 14ª DP. Antes, o modelo havia chamado o gerente, pois, segundo ele, o espumante que havia pedido “estava quente” e a entrada de camarões estava com um gosto ruim.

Veja mais: Plenário da Câmara dos Deputados aprova Lei Paulo Gustavo, que prevê R$ 3,8 bilhões para setor cultural

Estrela na Ucrânia e jurada no ‘The Voice’, cantora russa lamenta ataques ao país e pede paz

“Chamou o gerente e relatou o ocorrido. Afirma que a pessoa foi extremamente deselegante e disse que era só pagar a conta e ir embora”, consta do relato de Pedro aos agentes, no registro do boletim de ocorrência na delegacia.

Pedro e o namorado
Pedro e o namorado Foto: Reprodução – Instagram

 

Após argumentar que não havia consumido o que fora devolvido, “o gerente ficou descontrolado”. “Ele disse ‘Vá embora, gazelinha’ “, diz ainda o documento. “Ele repetiu: ‘Gazelinha, vá embora. Vá se f@#er, vá para p##a que pariu”.

O modelo afirma ainda que eles se sentiram ofendidos e contrangidos, já que tudo aconteceu no horário do almoço. A mãe de Pedro passou mal durante a discussão e precisou de atendimento médico.

“Nunca imaginei passar por uma situação como essa no restaurante escolhido para comemorar o meu aniversário, na frente da minha mãe, que passou mal com o acontecimento, e com o meu marido. O que era pra ser um momento de celebração, virou uma cena de horror “, desabafou o modelo ao EXTRA.

Após o episódio, internautas reclamaram no perfil do restaurante, que respeondeu: “Lamentamos o fato do cliente não ter se sentido acolhido em nossa casa. Repudiamos qualquer atitude discriminatória e nossos valores são construídos à base de respeito, igualdade e educação.”

Pedro (direita) e o namorado
Pedro (direita) e o namorado Foto: Reprodução – Instagram

 

 

Pedro (jaqueta branca) e o namorado
Pedro (jaqueta branca) e o namorado Foto: Reprodução – Instagram

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.