Quatro aviões russos violaram o espaço aéreo da Suécia, diz governo

Pares de jatos Sukhoi Su-27 e Sukhoi Su-24 foram vistos por caças suecos, em situação que terminou sem maiores problemas

Jatos russos foram identificados pelas forças armadas suecas

 

Quatro aviões de guerra russos violaram brevemente o espaço aéreo da Suécia a leste da ilha de Gotland, no Mar Báltico, nesta quarta-feira (2), disse o Estado-maior sueco, em meio à tensão russo-ocidental sobre a guerra na Ucrânia.

“No contexto atual, levamos esse incidente muito a sério. Esta é uma ação irresponsável e pouco profissional da Rússia”, afirmou o comunicado.

Exercícios conjuntos com aviões de combate finlandeses ocorreram em Gotland nesta quarta-feira, segundo a imprensa sueca.

A ilha, que tem uma posição estratégica no mar Báltico e fica a pouco mais de 300 km do enclave russo de Kaliningrado, recebeu reforços suecos em janeiro, durante as primeiras tensões em torno da Ucrânia.  O ataque à Ucrânia reacendeu o debate sobre a adesão à Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) da Suécia e também da Finlândia, que são parceiros da aliança, mas oficialmente neutros. Com o ingresso, poderiam se beneficiar da proteção mútua definida pelo artigo 5

A Rússia reafirmou na sexta-feira, um dia após o início da invasão, que a adesão de um ou ambos os países “teria sérias repercussões militares e políticas”.

Violações do espaço aéreo dos dois países por aviões russos ocorrem esporadicamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.