China envia ajuda humanitária à Ucrânia, mas critica sanções contra a Rússia

Zhao afirmou ainda que as sanções nunca trarão paz e segurança

None
Foto: Reprodução / Twitter

A China informou que está enviando ajuda humanitária à Ucrânia, incluindo alimentos e itens de necessidades diárias no valor de 5 milhões de yuans (US$ 791 mil), mas reforçou oposição às sanções contra a Rússia pela invasão do país vizinho.

Porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Zhao Lijian disse a repórteres que um lote inicial foi enviado para a Cruz Vermelha Ucraniana nesta quarta-feira, 9, com mais a seguir “assim que possível”.

Zhao afirmou ainda que as sanções nunca trarão paz e segurança, mas causarão sérias dificuldades para as economias dos países em questão. O porta-voz disse, também, que China e Rússia “continuarão a realizar cooperações comerciais normalmente”, incluindo no setor de petróleo e gás. Fonte: Associated Press.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.