Ceni elogia primeiro tempo do São Paulo e confirma Gabriel Sara fora das quartas do Paulista

Treinador destacou que faltou ímpeto para procurar um placar maior na vitória sobre o Manaus

O técnico Rogério Ceni, do São Paulo, elogiou a atuação do time na vitória por 2 a 0 sobre o Manaus, nesta quarta-feira, pela segunda fase da Copa do Brasil. Satisfeito com o primeiro tempo, o treinador apenas lamentou o que julgou ser uma falta de ímpeto do time na parte final do compromisso. Na mesma entrevista, confirmou a ausência de Gabriel Sara para as quartas de final do Paulista.

– Pelo ritmo imposto no primeiro tempo, não pararíamos até fazer o primeiro gol. Queríamos o gol entre 10 e 15 minutos. A equipe impôs um ritmo forte, teve posse de bola e conseguiu alargar o campo com Reinaldo e Marquinhos; do lado de lá, Nikão fazendo jogo de trocas de Eder e Colorado – comentou Ceni.

– O time foi bem no primeiro tempo, teve um bom período, apertamos e fizemos 2 a 0. O ruim é que baixou o ritmo no segundo tempo, tem que seguir buscando o gol a todo momento – acrescentou Rogério.Rogério Ceni em São Paulo x Manaus — Foto: Marcos Ribolli

Rogério Ceni em São Paulo x Manaus — Foto: Marcos Ribolli

Projetando a próxima semana, Ceni afirmou que Gabriel Sara, que sofreu uma entorse no tornozelo direito no clássico contra o Palmeiras, está fora do compromisso diante do São Bernardo. O duelo deve ocorrer na terça-feira, em data e horário ainda a serem confirmados pela Federação Paulista de Futebol.

– Sara é muito difícil que esteja pronto semana que vem. Para as quartas é certeza que não joga. Igor Vinicius fez transição, deve começar a treinar com a gente amanhã. Não posso prever a condição – explicou Rogério Ceni.

– Tem Gabriel que inicia transição amanhã, para o jogo não estará presente. Calleri está à disposição, acho que são esses os casos. Tentar recondicionar os jogadores que ficaram muito tempo parados – afirmou o treinador são-paulino.

Antes de pensar na fase final do Paulista, o São Paulo tem o último compromisso pela etapa de grupos do estadual. No sábado, a partir das 16h (de Brasília), a equipe recebe o Botafogo-SP, novamente no Morumbi.

O duelo contra o São Bernardo pelas quartas de final terá o Morumbi como palco, já que o São Paulo assegurou a liderança do Grupo B com uma rodada de antecipação.

Confira mais declarações de Rogério Ceni:

 

Setor defensivo
– Tenho quatro jogadores importantes no setor: Miranda, Arboleda, Léo e Diego. Léo atua mais nessa função do que como lateral. Hoje o Manaus vinha se defender, tinha que ter transição mais rápida. Leo e Diego fazem isso melhor, o que possibilitou Reinaldo e Rafinha juntos. Mas precisamos construir e fazer gols no primeiro tempo.

– Além do Arboleda, que deve servir a seleção e vai desfalcar a gente em jogos importantes, então a gente tem que experimentar jogadores em determinados jogos. Hoje era importante que Léo e Diego, acho que foi a primeira vez que eles fizeram a dupla de zaga. Construção mais rápida e resposta para uma possível ausência futura do Arboleda.

Elenco
 Eu falo que o elenco é bom aqui, são jogadores homogêneos. O que difere ainda é a parte física. A diferença de gols é importante, fazer 2 a 0 no primeiro tempo, devíamos ter o ímpeto de fazer três ou quatro gols no segundo tempo, mas não conseguimos manter o ritmo. Foi importante ver o Patrick 45 minutos em campo, ajudou na lateral. Luan também, com os primeiros minutos comigo. Quero ver o Luan jogar mais vezes, mas ele não consegue ainda jogar 45 minutos. Minha ideia era começar com ele no próximo jogo, mas precisa de condicionamento físico melhor, mas ele ficou muito tempo parado.

– Patrick também, se machucou, ficou parado. Quando ele foi para a lateral, rendeu bastante, correu mais. São todos jogadores tecnicamente diferenciados. O Luciano também. Se esses jogadores entrarem em condição ideal, o elenco se fortalece. São diferentes. Mas, para que esses ganhos apareçam no campo, o condicionamento físico é essencial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.