Após reforma, Museu de Arte Contemporâneo reabre com exposição nesta quarta-feira

Museu ficou fechado por dois anos durante a pandemia

None
(Foto: Divulgação/Governo do Estado)

Reabre nesta quarta-feira (23), com a 1ª Temporada de Exposições 2022, o Marco (Museu de Arte Contemporânea), após dois anos de atividades suspensas pela pandemia do coronavírus. A entrada é gratuita.

O evento presencial começa a partir das 19h, com exposições das artistas Arlete Santarosa com o trabalho “Xilos”, Patrícia Pontes e Mariana Arndt com as exposições de fotografias “Varais” e “Portunhol Selvagem Feminista” e o Coletivo com a exposição “Entre Territórios”.

Pandemia e reforma

Como em todos os lugares fechados, locais abertos ao público passaram por restrições, como forma de conter o avanço da contaminação do vírus. No MARCO, o período fechado se prolongou por causa de obras de reforma que precisaram ser realizadas no espaço, após problemas no telhado.

Foram investidos R$ 130 mil, recurso usado para reforma na estrutura, como a pintura na área interna, por meio do programa “Retomada MS”, para garantir a volta com segurança das atividades no local. “É uma alegria poder voltar. A gente está morrendo de saudade do movimento, de ter gente”, concluiu a coordenadora do Marco, Lúcia Monte Serrat.

O Museu de Arte Contemporânea fica localizado na rua Antônio Maria Coelho, Parque das Nações Indígenas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.