Camapuã: condutor embriagado é preso após provocar acidente e tentar fugir

Após se envolver em acidente de trânsito, um homem de 30 anos acabou preso pela Polícia Militar por conduzir veículo em estado de embriaguez. O acidente aconteceu no início da noite do último domingo (3), na BR-060, em Camapuã.
Conforme informações do BO (registro policial), a guarnição foi acionada por um homem, informando que havia ocorrido um acidente de trânsito envolvendo seu veículo, sendo um Fiat/Strada e o de outra pessoa, um Honda/Civic.

Conforme a vítima, após o acidente o condutor do outro veículo saiu em alta velocidade pela rodovia sentido a cidade de Camapuã, então ele teria seguido até a entrada da cidade e conseguindo interceptar o autor.

As primeiras informações que chegavam até a PM, foram repassadas dizendo que o acidente teria ocorrido na BR-060, sendo informado a vítima que tal trecho era de responsabilidade da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Porém em outro momento a vítima entrou em contato com a guarnição dizendo que as pessoas que estavam no outro veículo estavam o ameaçando.

Os policiais ao chegarem no local, forma informados pela vítima de que os ocupantes do veículo Civic, teriam passado a lhe ofender com palavras de baixo calão, e temendo um mal maior, solicitou a presença da PM, pois, temia por sua integridade física.

Perguntado a vítima sobre o acidente, relatou que teria ocorrido próximo ao radar eletrônico existente na rodovia BR-060 na Vila Industrial, próximo a um posto de combustível, porém, por uma filmagem que ele mostrou aos policiais, o acidente ocorreu entre o quilômetro 203 e 205. Ele informou que deslocava pela rodovia BR-060 sentido a cidade de Camapuã e que em dado momento o Civic adentrou na lateral esquerda de seu carro. Após o acidente, o acompanhou até a entrada da cidade, onde conseguiu interceptar o autor.

Já o condutor do Civic, relatou que o acidente teria ocorrido cerca de 50 metros de onde ocorreu a abordagem, e alegou que vinha descendo em uma rua e ao adentrar na rua Pedro Celestino veio a colidir com o carro da vítima. Porém, os policiais destacam que no local indicado pelo autor não existem ruas de acesso à via.

Durante os procedimentos o condutor do Civic confirmou que havia ingerido bebida alcoólica, porém se negou a realizado o teste do bafômetro, sendo lavrado o termo de constatação de embriaguez. Ele exalava forte odor etílico e apresentava confusão nas falas, além da voz pastosa.

Diante dos fatos, os envolvidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil para as devidas providências.

Fonte: Idest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.