Atlético-MG rescinde contrato com Tchê Tchê; volante tem caminho livre para acerto no Botafogo

No último dia de janela de transferências no Brasil, o Atlético-MG define a saída de jogadores. No BID já há a publicação da rescisão contratual do volante Tchê Tchê no Galo. O jogador, agora, tem caminho livre para ser reforço do Botafogo na sequência da temporada. O Atlético, inclusive, se despediu do jogador nas redes sociais.

O meia estava emprestado pelo São Paulo ao Atlético até 31 de maio, com parte dos direitos econômicos pré-fixados. Os valores eram altos – na casa dos 3 milhões de euros – e acima da intenção do Atlético. Botafogo e São Paulo, agora, correm para o acerto até o fim desta terça-feira.

Tchê Tchê era reserva do esquema do técnico Antonio Mohamed, mas deixa o Galo com a porta aberta, principalmente após marcar o segundo gol da vitória contra o Tolima, na estreia da Copa Libertadores, na semana passada.

Tchê Tchê durante treino do Atlético: passagem de um ano — Foto: Pedro Souza/Atlético-MG

Foram 65 jogos e dois gols marcados com a camisa alvinegra. Tchê Tchê chegou em 2021, a pedido do técnico Cuca, e chegou logo como titular em um clássico contra o Cruzeiro (há exatamente um ano). Naquela partida, o Atlético perdeu. Aos poucos, Tchê Tchê também foi abraçando o papel de coadjuvante.

Hoje, o Atlético tem Allan, Jair e Otávio como os principais volantes. Os jovens Guilherme Castilho e Neto são outras opções no rodízio de peças. Tchê Tchê tinha a vantagem da polivalência. Ele chegou a ser escalado como lateral direito em algumas partidas no Galo.

Ainda neste 12 de abril de fechamento da janela, o Atlético irá emprestar o zagueiro Vitor Mendes (outra vez) ao Juventude, até o fim da Série A. Havia o interesse do São Paulo em contratar o zagueiro Igor Rabello, mas a situação estagnou, e o zagueiro permanecerá no Galo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.