Motorista é presa por matar cachorro atropelado após dizer que lugar do animal não era na rua

Na segunda-feira (11), mulher de 32 anos foi presa por maus-tratos aos animais em Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande, após matar um cachorro atropelado. A ação foi filmada por testemunhas e a acusada ainda se negou a socorrer o animal.

Conforme a  Civil, testemunhas denunciaram o atropelamento, relatando que a motorista da camionete  tinha matado o cachorro. O fato ainda foi transmitido ao vivo em uma rede social.

Após o , um motociclista ainda foi atrás da suspeita, perguntando se ela prestaria socorro ao cachorro, mas ela se negou. A mulher teria dito que “lugar de cachorro não era na rua”. Ela ainda foi comunicada que a polícia seria acionada e disse que “não daria nada” para ela.

A motorista foi identificada e presa pelo crime de maus-tratos, com agravante da morte do animal. Ela ainda se exaltou na delegacia, conforme relatado pelos policiais, e responderá também por desacato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.