Chocolate tem variação de até 78% no preço nos supermercados de Campo Grande, diz Procon

Apesar de a vida financeira do brasileiro estar apertada, a expectativa é que a celebração da  movimente o comércio. O  (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) realizou uma pesquisa entre os dias 5 a 8 de abril e obteve resultados que indicam uma diferença de  de até 78% neste produtos em supermercados de Campo Grande.

A pesquisa foi feita por meio de uma análise de 83 itens em 12 estabelecimentos comerciais, sendo 10 supermercados e 2 lojas especializadas em chocolates.

A maior variação encontrada foi o chocolate Alpino de 90g da Nestlé, com diferença de 78% – sendo o maior preço de R$ 7,98 no Supermercado Legal e o menor preço de R$ 4,49 no Assaí Atacadista.

Em seguida, foi encontrada uma variação de 71% no tablete de chocolate Talento da Garoto — Branco com doce de leite — de 90g. O maior preço R$ 6,99 é das Lojas Americanas e o menor preço de R$ 4,09 é do Supermercado Comper. Os tabletes de Classic ao Leite e Classic Prestígio ambos de 90g da Nestlé, também tiveram uma variação de 70%.

Em relação aos ovos de chocolate, a variação chegou a 38% de um estabelecimento para outro, no produto Talento Avelãs de 350g da marca Garoto. O maior preço é de R$ 59,99 nas Lojas Americanas e o menor preço é de R$ 43,40 no Carrefour.

O produto mais caro encontrado entre os 73 itens pesquisados foi o ovo de Páscoa Lacta-Favoritos de 560g em que o valor varia entre R$ 71,90 até R$ 89,99, uma diferença de 25%.

De acordo com o subsecretário do Procon Municipal, Cleiton Thiago, é indicado fazer pesquisa antes de ir às compras. “A orientação é que os consumidores acessem a pesquisa antes de fazerem suas compras e também consumam dos pequenos comerciantes de ovos de páscoa caseiros, fomentando o pequeno comércio das docerias caseiras”, explica.

Para acessar a pesquisa completa, acesse aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.