Russo perde licença de piloto após fazer gesto nazista em pódio do kart

Entidade que gere o esporte a motor na Itália, o Automóvel Clube da Itália (ACI) decidiu pela revogação da licença do piloto de kart Artem Severiukhin, que fez um gesto nazista no pódio após vencer no Campeonato Europeu de Kart da Federação Internacional do Automobilismo (FIA) em Portimão, Portugal. O caso aconteceu no último domingo. A entidade classificou o gesto como “indescritível e inaceitável”.

– Severiukhin mostrou falta de respeito não apenas pelos valores universais que sempre inspiraram todos os esportes, mas também pela humanidade, dignidade e convivência civil – disse a ACI, em comunicado.

Artem Severiukhin faz gesto nazista em pódio do Europeu de kart — Foto: Reprodução

O caso do russo foi submetido pela ACI à Justiça Desportiva para a aplicação de outras sanções. Além disso, a FIA já prometeu que investigará o caso e detalhará, em breve, a ações tomadas em resposta ao gesto.

Severiukhin, de 15 anos, ainda teve seu contrato com a equipe Ward Racing rescindido. Ele corria na categoria OK; a etapa no Circuito de Portimão foi a primeira rodada do Campeonato.

A aquisição de licenças automobilísticas de outros países por parte de pilotos russos tem sido uma manobra para escapar das restrições impostas após a invasão da Rússia à Ucrânia – países como Reino Unido e Austrália proibiram que corredores com uma licença da Rússia ou Belarus participam de eventos esportivos no país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.