Com cinco meses de salários atrasados, Alan Kardec rescinde com o Shenzhen FC e deixa a China

O Chongqing Lifan – hoje Dangdai – foi o primeiro clube de Kardec em território chinês, onde ficou de julho de 2016 a abril de 2021. Pela equipe, foram 108 partidas e 57 gols, se tornando o maior artilheiro da história do clube. Na sequência, o brasileiro acertou com o Shenzhen FC, entrando em campo 19 vezes e balançando as redes por 12.

– Quando chegou a proposta para jogar no futebol chinês, lá em 2016, não sabia o que esperar do país. Foram anos importantes para mim, onde o povo chinês, as torcidas, receberam tanto a mim quanto à minha família muito bem. Conhecemos uma nova cultura, novos hábitos, e foi uma experiência que ficará marcada – concluiu o jogador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.