Saio com a sensação de dever cumprido’, diz Tereza Cristina ao deixar ministério pelo Senado

A ex-ministra da Agricultura, Tereza Cristina (PP) voltou a comentar sobre sua saída do ministério para se dedicar a sua pré-candidatura ao Senado nas eleições deste ano.

Nesta segunda-feira (18), a deputada federal esteve presente em evento na sede do PSDB, que contou com apoio da maioria dos prefeitos para o pré-candidato ao Governo, Eduardo Riedel (PSDB).

Uma carta de apoio foi assinada por pelo menos 71 dos 79 prefeitos das cidades do estado, mas que também contou palavras de incentivo da ex-ministra, no qual falou que “podem contar comigo”, como forma de torcer pela vitória do companheiro tucano.

A sul-mato-grossense se filiou recentemente ao PP, partido que também é do presidente Jair Bolsonaro, servindo para ela deixar o Governo Federal e ingressar na corrida eleitoral.

“Saio do ministério com a sensação de dever cumprido. Me sinto muito honrada, trabalhei muito nesses três anos pelo Brasil, pelo agro”, comentou Tereza em discurso.

Na oportunidade, ela elogiou o trabalho da gestão tucana, agora ‘aliado’ na corrida eleitoral, e falou sobre a retomada do estado, um dos que conseguiram sobressair da pandemia após dois anos difíceis, assim classificado pela deputada.

“Essa gestão compartilhada e municipalista trouxe um pouco mais de facilidade. A retomada tem sido melhor que em outros estados”, explicou.

Tereza Cristina está com atenções voltadas para sua possível candidatura a um lugar no Senado Federal. Mas ela quis deixar claro que pretende cumprir todos os requisitos básicos e que entende que ainda haverá convenções políticas, debates e agradeceu o apoio do PSDB e da aliança formada.

“É claro que estamos em pré-campanha, muitas convenções irão acontecer, mas isso me dá tranquilidade de estar aqui no palanque. Saio com meu coração transbordando de alegria”, finalizou.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.