Chefe da RBR fala em “bomba-relógio” Verstappen se problemas persistirem

Das três corridas disputadas até aqui em 2022, Super Max foi obrigado a abandonar a disputa em duas (e venceu a outra). Helmut Marko, chefe da RBR, teme que, se os problemas persistirem, o temperamento do holandês não seja amigável.

– Com o desempenho do carro, algumas vezes falta confiança para manter o estilo agressivo dele [Verstappen] de pilotagem. Você pode ver que isso coloca o Checo mais perto dele do que no passado. Se ele não ganhar logo, será uma bomba-relógio – destacou Marko.

O austríaco, porém, destacou a evolução de Verstappen em relação a comportamento. Helmut disse ver um piloto “muito mais calmo” do que no passado recente.

– Sabíamos que poderíamos ter esse problema, porque tivemos que lidar com isso na classificação também. Ele é um piloto apaixonado e emocional, que sempre dá opinião. Mas, na minha opinião, ele está muito mais tranquilo do que anteriormente – completou o chefe da equipe.

Helmut Marko, consultor da RBR, no GP da Holanda — Foto: Marcel ter Bals/BSR Agency/Getty Images

Helmut Marko, consultor da RBR, no GP da Holanda — Foto: Marcel ter Bals/BSR Agency/Getty Images

Até este momento da temporada, Max ainda não teve uma pole position sequer (são duas para Leclerc e uma para Sergio Perez, companheiro de RBR) e ocupa apenas a sexta posição do campeonato de pilotos, atrás de Lewis Hamilton (5º) e Perez (4º).

Após o GP de Melbourne, na Austrália, em que foi obrigado a abandonar e viu Leclerc vencer e abrir 34 pontos na liderança do campeonato para o segundo colocado George Russell, o atual campeão do mundo disse não ver motivos para acreditar em título neste ano.

– Estando tão longe no campeonato, a partir de agora precisamos ficar sempre na frente. Temos ser mais rápidos, o que não somos no momento. E precisamos ser confiáveis, o que também não somos. Eu nem penso no título e, no momento, não há motivo para acreditar nisso – avaliou.

Max Verstappen tem 25 pontos até aqui, 46 a menos que Charles Leclerc. A temporada da F1 segue neste final de semana com o Grande Prêmio da Emilia-Romagna, casa da Ferrari, na Itália. A corrida acontece domingo, às 10h, e a corrida classificatória, que decide o grid de largada, no sábado, às 11h30.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.