De volta ao trabalho? Jorge Jesus reúne comissão técnica para traçar “novos desafios”

Ainda sem clube, quase quatro meses após deixar o Benfica, o técnico português Jorge Jesus reuniu novamente sua comissão técnica e deixou no ar uma pista de que pode estar próximo de voltar ao trabalho.

Nesta quarta-feira, o ex-treinador do Flamengo postou nas redes sociais fotos de um almoço de confraternização com sua equipe, com uma legenda enigmática:

O treinador português procura sempre trabalhar com sua própria comissão, formada pelos assistentes técnicos João de Deus e Tiago Oliveira, os preparadores físicos Mario Monteiro e Márcio Santos, e os analistas de vídeo e desempenho Rodrigo Araújo e Gil Henriques.

Os seis estiveram ao lado de Jorge Jesus na passagem de pouco mais de um ano pelo Flamengo, entre junho de 2019 e julho de 2020. Juntos, conquistaram cinco títulos: Brasileiro-19, Libertadores-19, Supercopa do Brasil-20, Recopa Sul-Americana-20 e Carioca-20.

No meio de 2020, trocaram o Flamengo pelo Benfica, mas não conseguiram sucesso no clube que projetou internacionalmente Jorge Jesus. O treinador e sua comissão deixaram o Benfica no fim de dezembro do ano passado.

Pouco antes de deixar o clube lisboeta, Jorge Jesus foi sondado pela diretoria do Flamengo, que buscava na Europa um substituto para Renato Gaúcho. O vice de futebol Marcos Braz e o diretor de futebol Bruno Spindel chegaram a se reunir com JJ na capital portuguesa, mas o treinador, que não vivia boa fase no Benfica, seguiu no clube. Quando saiu, o Flamengo já havia acertado a contratação do também português Paulo Sousa, que deixou a seleção da Polônia para dirigir o rubro-negro. Jorge Jesus chegou a ser especulado no Atlético-MG, mas um dos entraves foi justamente o tamanho robusto da comissão técnica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.