Análise: com time mais compacto e muita entrega, Fluminense segue vivo na Sul-Americana

Sob novo comando técnico e respirando por aparelhos na Sul-Americana, o Fluminense deu uma resposta ao menos animadora para o torcedor na estreia de Fernando Diniz, ao vencer o Junior Barranquilla, por 2 a 1, no Maracanã, pela quarta rodada do Grupo H da competição da Conmebol.

Não que o resultado tenha deixado o clube em estado favorável no grupo. A situação do Flu ainda é bem complicada em busca de uma das vagas para a próxima fase com apenas uma equipe avançando por chave.

Mas ver o time atuando mais compacto, principalmente no primeiro tempo, e conseguindo impor ritmo, com a arquibancada em sintonia como não se via há um tempo, faz com que o torcedor volte a sonhar com uma possível classificação tendo que vencer dois jogos fora.

É bem verdade que o Junior Barranquilla tem vida mais fácil e só depende de si para se garantir nas oitavas de final, já que tem sete pontos, mesmo número que o Fluminense, e atuará por duas vitórias em casa, contra Oriente Petrolero e Unión Santa Fe, na última rodada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.