Joia 2022: habilidade e velocidade que encantaram Abel são as armas de Giovani no Palmeiras

Em meio aos muitos garotos do Palmeiras que tiveram chances na temporada, um deles se destacou, encheu os olhos do técnico Abel Ferreira e dos torcedores: o atacante Giovani, de apenas 17 anos.

Em 2022, a expectativa dentro do clube é de que ele tenha mais oportunidades, deslanche e comece a se firmar cada vez mais entre os profissionais.

Giovani, atacante do Palmeiras, em ação no profissional — Foto: Cesar Greco

Giovani, atacante do Palmeiras, em ação no profissional — Foto: Cesar Greco

– O ano foi de altos e baixos, além de conquistas. Aprendi bastante com meus companheiros aqui na base e pude ajudar a equipe principalmente nessa reta final de ano. Esse convívio me ajudou muito quando fui para o profissional nos três jogos restantes do Brasileirão. Viver tudo isso é um sonho de criança realizado, e espero que em 2022 seja ainda melhor, pois não faltará dedicação da minha parte – disse ele, ao ge.

Nas partidas que fez, inclusive, o atacante deixou bem claro aos palmeirenses as suas principais características: muita velocidade e habilidade com a bola nos pés.

Foi assim que ele fez um bonito gol na reta final do Brasileirão, contra o Cuiabá, e criou várias outras boas oportunidades nos jogos.

– Quando estive no profissional, aprendi bastante com os mais experientes. O Willian foi um deles, pois me ensinou muito sobre finalização, algo que eu tinha bastante dificuldade e busquei melhorar com os treinos. Procurei absorver a experiência dele no dia a dia e sinto que esse convívio com o elenco me ajudou tanto como atleta quanto como pessoa. Hoje posso dizer que sou um homem melhor, mas sigo buscando mais – falou.

Os números impressionam para um garoto de só 17 anos. Ele chegou ao Palmeiras com apenas dez anos e fez mais de 100 gols nas categorias de base antes de estrear no profissional.

Abel Ferreira conversa com Giovani na Academia do Palmeiras — Foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras

Abel Ferreira conversa com Giovani na Academia do Palmeiras — Foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras

Assim como as grandes promessas do futebol mundial, a multa rescisória tem valores astronômicos: 80 milhões de euros, ou mais de R$ 500 milhões na cotação atual.

Antes de pensar no profissional, Giovani tem um outro objetivo já nos primeiros dias do ano, que é dar ao Palmeiras o primeiro título da Copa São Paulo de sua história. Ele é um dos principais nomes da equipe, considerada uma das favoritas.

E ele vai levar para o torneio de base os ensinamentos que recebeu de Abel Ferreira.

– Quando ele (Abel) me chamava para conversar, ele falava para eu me sentir em casa e jogar com alegria e responsabilidade. Pedia para eu continuar cada vez mais dedicado aos treinos e ter bastante fé no meu trabalho. Os papos eram sérios, mas também descontraídos.

Pelo profissional, o garoto já tem 14 partidas disputadas, com um gol marcado. Se tudo correr como o planejado, esses números devem aumentar consideravelmente durante 2022.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.