Antes de reapresentação do elenco, São Paulo ainda busca mais três reforços; veja prioridades

A menos de uma semana da reapresentação do elenco do São Paulo para a temporada de 2022, a diretoria ainda busca três reforços para a equipe de Rogério Ceni.

O clube quer um atacante veloz e driblador, um volante e um zagueiro para ser opção a Arboleda e Miranda. Em um dos setores a situação já parece estar resolvida: o meio-campista Patrick, do Internacional, deve ser o quarto reforço do Tricolor.

Até agora, o São Paulo já contratou outros três atletas: o lateral Rafinha e o meia-atacante Alisson, que estavam no Grêmio, e o goleiro Jandrei, reserva do Santos no Brasileiro do ano passado.

Desses, só Rafinha chega com a perspectiva de ser titular logo de cara. A lateral direita foi o setor mais problemático do time em 2021, com muitos testes durantes o ano.

Douglas Costa ainda está no radar do São Paulo — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Douglas Costa ainda está no radar do São Paulo — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Para o ataque, o São Paulo tem como alvo Douglas Costa, outro jogador do Grêmio. O negócio, porém, é difícil.

Douglas Costa tem salário milionário e, segundo o presidente gremista, Romildo Bolzan, declarou a intenção de permanecer em Porto Alegre, apesar dos atritos com a torcida na campanha que rebaixou o time.

Para isso, porém, ele precisará aceitar uma redução salarial adequada às condições do Grêmio na Série B. Por isso, o São Paulo ainda monitora – e sonha com um parceiro para bancar o jogador.

Quem também segue no radar tricolor é Soteldo. O venezuelano está no Toronto, mas há intenção dos canadenses de abrir mão do jogador. O São Paulo consultou o clube e ouviu que um empréstimo está descartado.

O clube do Morumbi não tem dinheiro para comprar os direitos de Soteldo, mas ainda observa a situação do jogador, que pode ter que sair do Toronto por causa de uma regra da liga americana que limita a três os jogadores com salários acima do teto, e os canadenses estão perto do italiano Insigne, o que os obrigaria a abrir uma vaga entre essas exceções.

Para o meio de campo, antes de Patrick, o São Paulo já sondou Ronald, do Fortaleza, e Fernando Sobral, do Ceará. As conversas esbarraram nas pedidas dos clubes cearenses, que também só admitem vender os atletas.

Na zaga, a prioridade foi alcançada: a renovação de Arboleda. Com o equatoriano garantido até 2024, o São Paulo busca outro atleta para compor elenco, já que há expectativa de que o titular precise se apresentar à seleção de seu país muitas vezes neste ano de Copa do Mundo.

Bruno Alves, que cumpria esse papel, foi para o Grêmio. Ceni ainda tem Léo, que às vezes é titular num esquema com três zagueiros, e Miranda, que forma a dupla com Arboleda, além de Diego Costa, formado em Cotia.

Central do Mercado: Ceará desiste de Pablo, e São Paulo procura novo clube para o atacante

– Acho que o São Paulo precisa de um jogador pelas beiradas, talvez precisa de um volante com características como as do Luan. Vai ter a Copinha agora, jogadores que vão subir, tem o Juan no ataque, Pedrinho que é um grande jogador e que, se Deus quiser, vai fazer um grande Copinha e será integrado – disse o presidente do São Paulo, Julio Casares.

Ele confirma a busca por mais reforços, mas pontua que há uma preocupação de não extrapolar as condições financeiras do clube.

– (Queremos um) time competitivo, mas com responsabilidade financeira. Outros poderão vir nessa linha de competitividade, com responsabilidade – completou.

O elenco do São Paulo se reapresenta no próximo dia 10 de janeiro. O primeiro compromisso da equipe é o Campeonato Paulista, no fim do mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.