Nubank perde US$ 6 bi desde IPO e Itaú volta a ser banco mais valioso da América Latina; confira ranking

O Nubank (NU) perdeu pouco mais de US$ 6 bilhões em valor de mercado desde seu IPO, no início de dezembro, até esta terça-feira (18) e deixou de ser a instituição financeira mais valiosa da América Latina. Com a queda superior a 5% das ações nos EUA, a fintech agora vale US$ 35,4 bilhões.

Com isso, Itaú Unibanco voltou a ser o primeiro colocado, com valor de mercado de US$ 39 bilhões, segundo dados divulgados pela Economatica

O banco digital havia ganhado o título de banco mais valioso da América Latina após estrear na bolsa de valores de Nova York em dezembro valendo US$ 41,4 bilhões. Na data, o Itaú valia US$ 37,799 bilhões.

Nesta terça, as BDRs do Nubank negociados na bolsa brasileira caíram 4,65%, a R$ 7,17, levando esses recibos das ações listadas em Nova York a perderem mais de 35% em relação seu melhor fechamento (R$ 11,50, em 11 de dezembro). Já nos Estados Unidos, as ações da empresa recuaram mais de 5%.

Veja ranking das instituições mais valiosas da América Latina e o valor de mercado delas nesta terça (18):

  1. Itaú Unibanco: US$: 39,3 bilhões;
  2. Nubank: US$ 35,4 bilhões;
  3. Bradesco: US$ 34,2 bilhões;
  4. Santander Brasil: US$ 21,3 bilhões;
  5. BFBanorte: US$ 20,2 bilhões;
  6. XP: US$ 15,2 bilhões;
  7. B3: US$ 13,5 bilhões;
  8. BTG: US$ 13 bilhões;
  9. Banco do Chile: US$ 9 bilhões;
  10. Santander Chile: US$ 9 bilhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.