Análise: São Paulo não empolga na estreia e mostra necessidade de ajustes em todos os setores

A primeira impressão do São Paulo em 2022 não é das melhores. Na quinta-feira, a equipe comandada por Rogério Ceni foi derrotada pelo Guarani por 2 a 1, fora de casa, e demonstrou dificuldades em praticamente todos os setores do campo.

Definir padrões com apenas 90 minutos de uma temporada extensa e que muita coisa vai acontecer é complicado, mas o que se pode dizer é que Ceni terá muito trabalho nos próximos dias para dar uma nova cara a esse São Paulo.

O time titular foi a campo com três dos cinco reforços para este ano. Rafinha, Nikão e Alisson tiveram participações discretas e ainda não conseguiram demonstrar o que podem mudar nesse elenco. Patrick, que saiu do banco de reservas na etapa final, por sua vez, deu uma nova dinâmica à equipe e conseguiu uma boa assistência para o gol de Calleri.

Nikão em estreia pelo São Paulo, diante do Guarani — Foto: Marcos Ribolli

Nikão em estreia pelo São Paulo, diante do Guarani — Foto: Marcos Ribolli

No mais, o São Paulo foi praticamente uma reprise daquele que terminou 2021 brigando contra o rebaixamento. Com os rostos já conhecidos pela torcida, o Tricolor apresentou as mesmas dificuldades em armar jogadas e, principalmente, finalizar a gol.

Um exemplo disso foi o tempo que levou para a primeira finalização. Gabriel Sara, aos 36 minutos de jogo, deu o único chute ao gol da equipe no primeiro tempo. Muito pouco para o clube que quer mudar o perfil do seu elenco.

Mas ainda não é momento de preocupação. O São Paulo que foi a campo diante do Guarani sofreu com desfalques importantes, como os de Arboleda (seleção do Equador), Luan e Luciano (lesionados) e ainda teve Miranda no banco de reservas por ter perdido parte da pré-temporada devido à Covid-19.

Ou seja, há margem para muitas mudanças e o treinador pretende seguir um ritmo de pré-temporada até a terceira rodada do Paulistão, na próxima quinta-feira, em partida diante do Red Bull Bragantino.

Guarani x São Paulo — Foto: Thomaz Marostegan/Guarani FC

Guarani x São Paulo — Foto: Thomaz Marostegan/Guarani FC

Até lá, a expectativa é que todo o elenco esteja inteiramente à disposição pela primeira vez em 2022. Desta maneira, cobranças e críticas mais embasadas poderão ser feitas ao time de Rogério Ceni.

O próximo compromisso do São Paulo será no próximo domingo, às 16h, diante do Ituano, no Morumbi. Será o primeiro contato da equipe com a torcida neste ano. É também a chance de o Tricolor mostrar que 2022 pode ser diferente, sem muitas frustrações.

O treinador deve promover mudanças no time titular. Miranda, por exemplo, é cotado a retornar e levar experiência à defesa, que teve os jovens Léo e Diego Costa na última quinta-feira. Patrick também deu amostras que tem chance de cavar um lugar entre os 11.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.