Após Páscoa e Carnaval fora de época, comércio começa a se animar para o Dia das Mães

Faltando 11 dias para o Dia das Mães, o comércio do Centro de Campo Grande começa a se preparar e mudar as vitrines para a segunda data comemorativa mais importante do ano para o setor. Nesta quarta-feira (27), o movimento ainda é tímido, porém os comerciantes têm altas expectativas para a data.

Segundo comerciantes e vendedores, a maioria das pessoas está esperando receber o salário para fazer as compras de Dia das Mães. Além disso, a  foi uma “data cara”, em que muitos tiveram gastos altos e, logo depois, veio o feriado e o Carnaval, com mais gastos. Para o Dia das Mães vai ser necessário esperar o salário entrar na conta para comprar os presentes.

Celulares e beleza

Em uma loja de móveis e eletrodomésticos, o gerente Everton Oliveira comenta que os principais presentes neste ano são os celulares e eletroportáteis como secadores e chapinhas. Porém, os tradicionais eletrodomésticos também não ficam esquecidos: tem  que vai ganhar produtos como liquidificar e air fryer.

Quem estiver procurando por airfryer, o produto pode sair por valores de R$ 539 ou R$ 769, por exemplo. Já a chapinha, valores que começam em R$ 60, no modelo mais simples.

Entre os celulares mais procurados, segundo o gerente, estão o A 32 e o iPhone. Já o pagamento, vai ser parcelado no cartão de crédito ou no crediário próprio da loja.

“A expectativa é alta neste ano. No próximo  já começaremos as promoções. Tivemos agora a liberação do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) emergencial e já tem gente sacando.  Esperamos que isso aqueça o comércio”,

Roupas

Nas lojas de roupas, as vendas de presentes também já começaram. Emerson Caprara é gerente da loja Estilo e Moda, que está há 16 anos na rua 14 de Julho. Segundo ele, a procura por presentes já começou a aumentar.

“As vendas de Dia das Mães já começaram, mas ainda está tímido, por ser final de mês e ter tido carnaval, onde o pessoal gastou dinheiro. A expectativa para esse ano é grande. Esperamos aumento de 30% nas vendas em relação ao ano passado”, afirma Caprara.

A loja possui produtos com preços populares, a maioria com valores de até R$ 50, segundo o gerente, essa é a faixa de preço que os consumidores estão dispostos a pagar. Ele explica que a loja não terá promoções, pois já trabalha com valores acessíveis, mas que os clientes terão facilidades no pagamento.

Cuidados pessoais e beleza

Os perfumes e produtos para beleza e cuidados pessoais também devem ter grande procura neste Dia das Mães. Em uma franquia da rua Dom Aquino, a consultora da loja, Carol Carvalho, destaca que os produtos mais procurados até o momento são os voltados aos cuidados pessoais como hidratantes, sabonetes e esfoliantes. Por ser uma marca tradicional, também há clientes que compram especificamente o perfume que as mães usam há muitos anos. Na franquia, a expectativa é que o movimento aumente a partir desta semana, agora que passou o Carnaval atípico deste ano.

“Há umas duas semanas já começamos a perceber procura por presentes de Dia das Mães. Tem gente que está procurando os produtos como um plus no presente do Dia das Mães. Eles compram presente maior e complementam com kits para cuidados e beleza. Também tem gente que compra produtos como sabonetes e cremes como lembrancinhas para presentear todas as mães que conhecem”, explica Carol.

Até agora na loja, segundo a consultora, as “lembrancinhas” que mais têm tido procura ficam na faixa de até R$ 100, porém, alguns filhos procuram kits maiores, na faixa dos R$ 200.

O Dia das Mães será comemorado no segundo domingo de maio, dia 8.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.