Presa em flagrante, mulher mantinha 17 gatos em casa ‘cheia de fezes e coró’, segundo a polícia

Presa em flagrante nesta manhã (27), a mulher que alugou um imóvel na Vila Planalto, região central da cidade, pediu autorização para levar cinco gatos ao local. Em seguida, sem manter a higiene, os gatos foram procriando e o  totalizou 17 animais. Há pouco, a suspeita foi localizada e levada para a delegacia, bem como a proprietária, de 78 anos, que prestará depoimento sobre o que presenciou nos últimos dois anos.

Segundo a idosa, que não será identificada, a suspeita alugou a casa dos fundos, enquanto ela mora na frente. “Ela alugou, pediu para trazer os gatos e eu disse que não tinha problema, que tem quintal. No início, a madrinha dela veio junto, limpou tudo e depois acabou. Ela [suspeita] estava vindo de 8 em 8 dias e eu sempre falava que todo mundo estava reclamando do cheiro, que tinha que limpar. Quando chove então, fica insuportável”, argumentou. perícia criminal e a  (Delegacia Especializada de Repressão à Crimes Ambientais e Atendimento ao Turista), a idosa disse que houve 6 vistorias na casa.

“Os vizinhos começaram a denunciar, a falar do cheiro forte e do ambiente sujo e eu vinha avisando a moradora que ia dar problema”, finalizou.

Equipes fizeram resgate dos gatos

Era por volta das 10h quando os policiais chegaram à rua Augusto Severo e conseguiram permanecer, somente por um tempo, em um ambiente da casa. Da sala cheia de fezes, as equipes vistoriaram a cozinha e encontraram uma geladeira com alimentos podres, logo precisaram sair por conta do cheiro, segundo afirmou ao Jornal Midiamax, nesta manhã (27), o investigador Ciro Dantas, da Decat.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.