Mulher morre atropelada em Amambai e indígenas procuram motorista com facão

Lourença Vera, 53 anos, morreu atropelada na tarde de ontem (27), na Rodovia 156, na Aldeia Limão Verde, em Amambai – distante 351 quilômetros de Campo Grande.

Conforme o registro policial, o Corpo de Bombeiros foi acionado, juntamente com uma viatura da Polícia Militar.

Vários indígenas, com facões nas mãos, começaram a questionar os policiais sobre o suspeito, que teria fugido do local.

Os policiais receberam a informação de que o veículo pertence a uma madeireira.

Acompanhados de familiares da vítima, os policiais foram até a madeireira e tomaram conhecimento de que o motorista, de 59 anos, teria ido para casa após o acidente.

Ele confirmou que percebeu que passou em cima de algo, mas disse que acreditava se tratar de um galho.

O acusado foi preso e levado para a Delegacia de Polícia Civil.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.