Radares no Parque dos Poderes estão funcionando em caráter educativo – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Já estão funcionando em caráter educativo os equipamentos de fiscalização eletrônica de velocidade no Parque dos Poderes. A fase experimental começou na terça-feira (dia 26) e segue até 10 de maio. Depois desta data quem trafegar em velocidade acima do permitido será multado.

Os pontos para instalação de radares foram escolhidos de acordo com a movimentação de pedestres e excesso de velocidade. Os novos equipamentos vão reduzir também o número de atropelamentos de animais silvestres no local.

Os aparelhos fazem parte de um convênio entre o Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) e a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), firmado pelas instituições no prazo de dois anos, podendo ainda ser prorrogado. Eles foram instalados em diferentes pontos do Parque dos Poderes.

A Agetran ficou responsável por fazer a instalação dos equipamentos, assim como ter as despesas referentes ao cadastramento das multas no sistema informatizado do Detran e a impressão, postagem e publicação das notificações. Ela vai receber os repasses diários da arrecadação das multas, para suprir os custos operacionais.

“Fizemos este convênio com o Detran para disponibilizar os equipamentos, e logo após a instalação eles ficam operando em caráter educativo durante 15 dias. Depois deste período começa a aplicação das multas aos infratores. Quem passar acima da velocidade na fase experimental vai receber uma notificação de alerta, sem multa”, explicou o diretor-presidente da Agetran, Janine de Lima Bruno. O parque passa por revitalização, com investimento de R$ 18,9 milhões. – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.