São Paulo movimenta o mercado e já começa a mudar perfil do elenco. E vem mais por aí… Clube espera mais chegadas e saídas nos próximos dias

Os primeiros dias do São Paulo no mercado de transferências têm sido agitados. O clube tem o planejamento de contratar jogadores com custo baixo e dispensar o máximo de atletas que não renderam na temporada passada.

E isso já começou a ser colocado em prática com poucos dias depois da reunião entre a diretoria e a comissão técnica, ocorrida no dia em que vazou um áudio de Muricy Ramalho dizendo que nem ele e nem Rogério Ceni ficariam no Tricolor – eles mudaram de ideia.

O primeiro reforço anunciado foi o lateral-direito Rafinha. Livre no mercado após deixar o Grêmio, o jogador chegou sem custos de venda ao Tricolor por uma temporada, com possibilidade de uma renovação por mais um ano. O gasto do clube nos próximos anos será apenas com salários.

Rafinha em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Rafinha em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O goleiro Jandrei também tem tudo acertado com o Tricolor e deve ser anunciado nos próximos dias para disputar uma vaga com Tiago Volpi.

As duas posições atacadas pela direção neste primeiro momento foram algumas das mais contestadas pela torcida durante a temporada. O clube via a necessidade de dar uma resposta rápida às críticas .

Com duas contratações realizadas ainda em 2021, a diretoria poderá trabalhar com mais tranquilidade em outras carências do elenco. O meia-atacante Alisson, por exemplo, está próximo de assinar um contrato de três anos.

+ Veja o vai e vem do mercado Tricolor

Alisson em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Alisson em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O jogador está realizando os últimos trâmites para rescindir contrato com o Grêmio e então sacramentar a ida para o Tricolor paulista.

Ainda para o ataque, o São Paulo analisa os nomes de Soteldo, Douglas Costa e Wesley Moraes. Todos esses, porém, são vistos como negociações complexas pelos valores envolvidos.

Dispensas

 

Uma das metas do São Paulo nesta janela de transferências era fazer uma “limpa” nos jogadores que não renderam o esperado. E esse objetivo também já tem sido trilhado.

Nomes como Benítez, Shaylon, Rojas, Rodrigo Freitas e William (sem contratos renovados), Lucas Perri (emprestado ao Náutico), Bruno Alves (em processo de rescisão), Dênis Júnior (contrato rescindido) e Orejuela (emprestado ao Grêmio) já têm seus destinos longe do Morumbi. Galeano também não ficará.

Bruno Alves e Orejuela se abraçam após jogo pelo São Paulo — Foto: Staff images /CONMEBOL

Bruno Alves e Orejuela se abraçam após jogo pelo São Paulo — Foto: Staff images /CONMEBOL

O clube pretende não parar por aí. Vitor Bueno e Pablo podem ser envolvidos em trocas ou em possíveis negociações até o final da janela de transferência.

A ideia é mudar o perfil do elenco, considerado muito calado por Rogério Ceni e que não consegue “sentir a derrota”, como alegado por alguns membros da diretoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.