Com prefeito, Câmara de Campo Grande inicia ano legislativo com sessão solene na quarta-feira

A Câmara Municipal de Campo Grande inicia o ano legislativo na quarta-feira (2) após recesso parlamentar. O prefeito Marquinhos Trad (PSD), além dos vereadores, é aguardado na sessão solene, a partir das 9h, quando falará sobre a situação da cidade.

Por ser o primeiro encontro oficial, não há apresentação nem análise de projetos, que acontecem na quinta-feira (3). Há expectativa de apresentação de requerimento de CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para apurar o contrato do Consórcio Guaicurus, concessionária do transporte coletivo, com a Prefeitura de Campo Grande.

O presidente da Casa de Leis, vereador Carlos Augusto Borges, conhecido como Carlão (PSB), afirmou que o serviço prestado à população será uma das prioridades no começo do ano. Além de eventual investigação, os parlamentares disseram que vão se debruçar no projeto de lei sobre isenção do ISS (Imposto Sobre Serviços) para as empresas de ônibus.

As discussões em torno do transporte voltaram devido ao reajuste da tarifa que, desde 17 de janeiro, custa R$ 4,40 — até então, o valor cobrado era R$ 4,20. O Consórcio Guaicurus queria um acréscimo maior, alegando aumento de custos na tabela de composição do preço, enquanto o município definiu que não reajustaria o serviço em percentual superior a 5%.

Segundo a Câmara Municipal, a sessão está marcada para as 9h, de forma presencial, mas com redução na lotação e com transmissão nas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.