Suspeito de execução, adolescente baleado em Campo Grande tem 29 passagens pela polícia

O adolescente de 16 anos, ferido a tiros em uma tentativa de execução na tarde dessa segunda-feira (25), em Campo Grande, na Vila Fernanda, já teria 29 passagens pela polícia. Ele está internado em estado grave na  após ser ferido a tiros no pescoço e na cabeça.

O garoto que seria  do assassinato de Carlos André Isídio, no Portal Caiobá, no dia 19 deste mês, já tem passagens por furto, receptação, tráfico de drogas e roubo majorado. As passagens do  como menor infrator começam abril de 2020, quando ele tinha 14 anos.

O atentado ao garoto aconteceu quando ele chegou na região em uma motocicleta. O outro rapaz de 18 anos, atingindo na mandíbula por um tiro contou que o atirador chegou a pé fazendo vários disparos contra o garoto, que foi atingido no pescoço e na cabeça.

A motocicleta que estava com o adolescente teria registro de furto, registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) do Centro. No dia 22 deste mês, o garoto havia confessado ser autor de vários furtos durante sua apreensão, no Portal Caiobá.

Suspeito de execução Carlos Isídio

No último dia 19 de março, Carlos André Isidio Acosta, de 21 anos, foi executado a tiro no Caiobá, na Rua Gildete Chaves Feijo, proximidades do local onde o adolescente foi ferido nesta segunda-feira (25).

A motocicleta que teria sido usada pela dupla no assassinato de Carlos André foi encontrada, incendiada, e o piloto da moto foi preso. Já o garupa, que foi apontado por testemunhas como sendo um adolescente conhecido como Juninho não foi encontrado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.