Pai quer retorno de Paulo André no Troféu Brasil, e mira Mundial: “Ele volta ao atletismo”

O tão esperado reencontro de pai e filho ainda não aconteceu. Paulo André, vice-campeão do BBB22, segue com as gravações na TV Globo, no Rio de Janeiro, enquanto Carlos Camilo, que também é treinador do velocista, permanece em Vila Velha, no Espírito Santo. A distância, porém, não impede os dois de conversarem. Mas ainda não sobre o futuro retorno às pistas de atletismo.

– Agora ele tem que ter o lazer dele. Tem que respirar. Limpar o HD. Ele não sabe a proporção que tomou a vida dele aqui fora – explicou Camilo, por telefone, ao ge, na noite desta quarta-feira, um dia após o fim do programa no qual o filho ficou confinado por mais de três meses.

O pai-treinador está esperando PA definir os compromissos contratuais dele para definir quando ocorrerá a volta aos treinos. No entanto, assim como fez um planejamento de treinos que o filho poderia fazer dentro da casa do Big Brother, também já faz planos para o retorno às competições.

– O fisiologista já está de stand by para saber como ele está de força, resistência, explosão. A partir daí vou fazer o plano de treinos. Mas só exames de sangue vão detectar isso. Se ele disser, “pai, vambora”, a gente vai – afirmou Camilo.

A próxima e mais importante competição do calendário nacional é o Troféu Brasil de Atletismo, que será realizado no estádio Nilton Santos, no Rio, entre 23 e 26 de junho. Ou seja, em menos de dois meses. A competição é a última do país para definir a equipe brasileira que vai ao Mundial de Atletismo, em Eugene, nos Estados Unidos, de 15 a 24 de julho. Para obter classificação na prova dos 100 metros, na qual é especialista, PA teria que correr abaixo de 10s05, um índice bastante difícil. O recorde pessoal de Paulo André é 10s02. Mas ainda há uma chance do ex-BBB ir para os EUA.

– Ele quer muito (ir pro Troféu Brasil), pode ter certeza. Mas vai depender da agenda dele. Tenho planos A, B e C. Tá tudo amarrado. Para o revezamento dá para ele conseguir (o índice para o Mundial), ele precisa correr 10s20, que já está na perna dele. E o revezamento precisa muito dele – disse o pai e treinador.

Com o revezamento 4x100m do Brasil, em 2019, Paulo André foi campeão mundial e campeão nos Jogos Pan-Americanos de Lima. PA também esteve com a equipe brasileira nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no ano passado. Agora, após o reality show, porém, ele multiplicou o sucesso que fazia no meio esportivo. Hoje, PA tem mais de 100 vezes o número de seguidores no Instagram se comparar ao que tinha no início de janeiro, quando entrou no BBB: passou de 78 mil para 8,6 milhões (e contando).

– Ele volta ao atletismo, sim. Lógico que agora vai ter Sapucaí e outros eventos. Não posso dizer que não. Seria sacanagem da minha parte. Vai depender dele. E, se depender dele, com certeza que ele vai querer correr. Tudo o que eu queria como pai, como técnico, era ele ir pro Troféu Brasil e ganhar – finalizou o pai de PA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.