Alvo do Santos, Ricardo Goulart não joga desde agosto; veja números da temporada na China

Mais recente alvo do Santos para esta temporada, o meia-atacante Ricardo Goulart não entra em campo desde agosto, quando ainda atuava pelo Guangzhou, da China. Ele rescindiu o contrato com o clube em novembro do ano passado.

Na última temporada pelo Guangzhou, Goulart entrou em campo 13 vezes. Todas as partidas foram pela Superliga Chinesa, sendo a grande maioria como titular. Nesse período, foram sete gols e uma assistência.

A maioria dos gols saiu já no final da passagem, nas últimas rodadas da primeira fase da competição nacional. Ele ficou fora das partidas na Liga dos Campeões da Ásia, quando o time chinês terminou na lanterna do grupo J, tendo perdido todos os jogos.

Na temporada anterior, em 2020, o jogador foi emprestado ao Hebei, atuando por 1.636 minutos – foi o atleta que mais jogou na liga. Na Superliga Chinesa, a equipe acabou eliminada nas quartas de final da fase mata-mata pelo próprio Guangzhou, que terminou com o vice-campeonato. Nesse período, foram 22 partidas, com quatro gols e cinco assistências.

Ricardo Goulart marcou três gols na partida do Guangzhou Evergrande — Foto: Sina Sports

Ricardo Goulart marcou três gols na partida do Guangzhou Evergrande — Foto: Sina Sports

Durante as temporadas no futebol asiático, o brasileiro teve um melhor desempenho, principalmente, nas funções de segundo atacante e de centroavante. Além disso, ele também foi utilizado, em menos oportunidades, pelas pontas e como meia ofensivo.

Ricardo Goulart é um dos jogadores estrangeiros mais vitoriosos da história do futebol na China, tendo conquistado três títulos do Campeonato Chinês, um da Liga dos Campeões da Ásia, um da Copa e três da Supercopa do país.

Ele foi contratado pelo Guangzhou em 2015, após brilhar no bicampeonato brasileiro do Cruzeiro nos dois anos anteriores, e permaneceu no clube até 2019. Então, foi comprado pelo Palmeiras, e depois recomprado pela equipe chinesa.

Além disso, foi eleito o melhor jogador do futebol chinês em 2015 e 2016, além de ter sido o artilheiro da Superliga Chinesa na temporada 2015/2016 e da Liga dos Campeões da Ásia em 2014/2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.