Macaquinho perdido’ virá xodó de moradores do Aero Rancho e ganha até nome

 que frequentam a Praça do 3, no bairro , em Campo Grande, já estão familiarizados com a presença do ‘Tango’, um macaco que surgiu no local após uma forte chuva que atingiu a região. Desde então, o animal passou a receber cuidados dos próprios moradores.

Carmson Ximenez, de 45 anos, conta que o animal foi encontrado no local há algumas semanas. “Ele está sendo alimentado pela população, porque aqui existem poucas árvores frutíferas e ainda não está na época”, explica o morador.

Ximenez explica que a PMA (Polícia Militar Ambiental) chegou a ser acionada e compareceu ao local, mas não conseguiu realizar o  do animal, que foi “adotado” pela população. “Geralmente damos banana. Ele desce, pega a comida e sobre correndo”, explicou.

Apesar ‘fofo’, o ato dos moradores é ilegal e considerado crime, explica o tenente-coronel Ednilson Queiroz da PMA. ‘O que as pessoas não podem fazer é alimentar o animal. Na legislação é dito que alimentar animal em vida livre é crime ambiental”, comentou. Queiroz ainda afirma que esse é um dos motivos para que o animal deixe de buscar alimentos por conta própria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.